É você quem escolhe o nível de sua intimidade com Deus

Você já se perguntou por que algumas pessoas tem mais intimidade com Deus do que as outras?

Você já pode ter pensado que, como muitos pais humanos, Deus tem seus filhos favoritos. Enquanto alguns parecem ser tão íntimos e próximos, outros parecem distantes e indiferentes com o Pai.

Mas a realidade é que Deus não tem favoritos e nem ama um filho menos do que o outro (Atos 10:34), pois Ele ama cada cada ser humano com amor infinito e incondicional.

Ele trouxe a todos, liberdade de aproximar do Seu trono da graça com confiança, e assim, somos nós, e não Ele, quem escolhe o quão perto ou longe estaremos do Seu trono onde Deus se encontra.

“Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade.”
(Hebreus 4:16, NVI)

Portanto, a intimidade com Deus depende apenas da nossa vontade e comprometimento de se aproximar Dele, pois o convite de Jesus está sempre aberto. Ele fala em nossos corações:

“Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.” (Apocalipse 3:26, NVI)

#Os 4 Níveis de intimidade com Deus

O capítulo 47 do livro de Ezequiel conta uma visão que o profeta teve das águas que jorravam pelo templo. A cada 500 metros que ele media, ele encontrava níveis diferentes de água, eram 4 níveis, onde o primeiro começava na altura do tornozelo e o último ultrapassava a altura da cabeça, onde não era possível atravessá-la andando.

A Bíblia representa a água como o Espírito Santo de Deus, sendo assim, podemos fazer uma analogia desse capítulo identificando os nossos 4 níveis de proximidades.

#Nivel 1: Água na altura do tornozelo

“(…) enquanto ia, mediu quinhentos metros e levou-me pela água, que batia no tornozelo.”
(Ezequiel 47:3b, NVI)

Aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, mas podemos querer estar com Ele apenas para que as águas fiquem na superfície do tornozelo, pois dessa forma, nossos pés estão firmados na terra e sentimo-nos totalmente no controle de nossas vidas.

Neste nível, não existe nenhuma dependência com Deus, pois somos donos do próprio nariz e fazemos tudo o que bem entendemos, conforme a nossa vontade e o nosso entendimento.

E também, não estamos dispostos a deixar nada de lado e nem fazer alguma renúncia por Ele que não nos convém, pois a pergunta que fazemos primeiro é: “O que tenho a ganhar com isso?”.

Podemos ter sucesso na sua vida, mas sempre sentiremos que algo a mais está faltando. Ao aceitar a Jesus, podemos ser salvas e ir para o céu, mas sem nunca conhecer nesta vida quem Deus verdadeiramente é e nem sequer ter a chance de saber o propósito que o nosso Criador tinha para nós. Pois quando vivemos de forma independente, não conhecemos o amor de Deus e muito menos a capacidade que o Espírito Santo pode nos trazer.

#Nível 2: Água na altura do joelho

“Em seguida, ele mediu mais quinhentos metros, e a água subiu até os meus joelhos.”
(Ezequiel 47:4a, NTLH)

Quando as águas estão na altura do joelho, buscamos a Deus como entusiastas. Procuramos a Deus para ver os milagres, ter experiências divinas ou bênçãos alcançadas. Você pode querer andar na direção de Deus, mas não anseia tanto por Ele quanto você anseia pelo que Ele pode lhe oferecer.

Não experimentamos a plenitude que Deus preparou para nossas vidas, pois nos aproximamos Dele principalmente pelas Suas maravilhas, mas não estamos dispostas a entrar mais fundo na água para segui-Lo.

Mesmo que não seja essa a nossa intenção voluntária, estamos considerando que Deus existe para nos satisfazer e tornar nossas vidas mais fáceis e mais prósperas. Neste nível, desejamos nos aproximar de Deus e fazer obras em Seu nome, primeiramente porque sabemos que vamos receber benefícios a nosso favor.

Não há nada de errado em procurar as bênçãos de Deus ou as experiências com Ele, mas isso não deve ser a prioridade de sua vida.

Quando você está nesse nível de intimidade com Deus, é muito fácil você se decepcionar com Ele, pois você busca em primeiro lugar, a mão de Deus e não a Sua face. Você pode entrar em um relacionamento de meritocracia com Deus, acreditando que servir a Ele diligentemente é um requisito para ter todos os seus desejos atendidos.

Ou você pode cair na armadilha da religiosidade, onde você se devota de corpo e alma, mas se esquece da essência mais importante: o amor.

#Nível 3: Água na altura da cintura

“(…) Mais quinhentos metros, e a água chegou até a minha cintura.”
(Ezequiel 47:4b, NTLH)

Quando você está neste nível de proximidade com Deus, você não anda por si só, mas ouve a voz do Espírito Santo e caminha pedindo a Sua orientação. Nos momentos que você anda no Espírito, dependendo de Deus, seus caminhos são bem sucedidos, mas quando você é tomada pelos conflitos internos, a hesitação te faz tropeçar.

Você mergulha debaixo da água para experimentar a plenitude de Deus, mas quando surge alguma dificuldade, logo volta para a superfície, onde você pode decidir fazer as coisas do seu jeito e ter o controle da própria vida, pois Deus nem sempre age no tempo e da maneira que você espera.

Parece muito difícil ir mais fundo e confiar inteiramente no Senhor, talvez porque o medo é um dos nossos problemas mais constantes. Mesmo quando conhecemos a vontade de Deus, muitas vezes relutamos e preferimos tomar as decisões seguindo os nossos pensamentos e sentimentos.

Porém, Deus aumenta a nossa fé através das provações. Se não estivermos dispostas a confiar completamente no Senhor, estaremos perdendo o melhor que Ele preparou para nós, e então, estaremos apenas adiando o propósito de nossas vidas ou nos contentando com o que é bom, sem avançar para onde Deus deseja nos conduzir para revelar Suas maravilhas ainda maiores.

#Nível 4: Água que está acima da cabeça

“Finalmente, mediu mais quinhentos metros, e o rio era tão fundo, que eu não podia atravessar. Era fundo demais para ser atravessado, a não ser a nado.
(Ezequiel 47:5, NTLH)

Quando você está imersa no Espírito Santo, você se parece tanto com Cristo que as pessoas não sabem distinguir se o que você faz vem de você mesma ou se é Deus atuando sobre você. Pois em suas ações, elas conseguem ver o semblante de Jesus.

Você anda pela fé, deixando que Deus te leve para onde Ele deseja levar. O seu planejamento pessoal está sintonizado com o propósito de Deus, pois você conhece a vontade de Dele e anseia agradá-Lo em tudo o que você fizer.

Você está disposta a fazer sacrifícios pessoais, pois acredita que Ele tem algo maior e melhor, assim, permite que tudo o que não agrada a Deus possa morrer em você, se renovando e se transformando continuamente em um vaso novo.

A sua intimidade com Deus é tão grande que você gosta de conversar com Ele e estar perto Dele o tempo todo. A amizade com Deus te faz tão bem que te transforma em uma pessoa cada vez melhor, te inspira a amar e a abençoar muitas pessoas.

de-um-passo-para-intimidade-com-deus

Se você não está satisfeita com o seu relacionamento com Deus atualmente, a boa notícia é que existe sempre como você conhecer mais sobre Ele e você pode a qualquer momento decidir dar esse passo adiante.

Deus sempre anseia e espera para ter um relacionamento de amor com você, basta tomarmos o primeiro passo, ouvindo a Sua Palavra, obedecê-La como instrução de um pai amoroso e viver nos enchendo do Espírito Santo.

À medida que o seu comprometimento com Deus estiver aumentando, sua intimidade com Ele estará cada vez maior e quando você sentir que está pronta para assumir um relacionamento mais profundo, Deus age para te tocar de uma maneira especial.

Assim como aqueles personagens bíblicos que viveram na intimidade com Deus, Ele irá fazer algo maravilhoso através de você, revelará a Sua glória e mostrará as mais belas grandezas que você jamais imaginou.

Se você gostou desse artigo e deseja compartilhar com mais pessoas, clique no link de sua rede social.

Conte um pouco sobre a sua experiência na caminhada com Deus nos comentários abaixo.

 

Compartilhe nas suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *