Você tem dúvidas que Deus te ama? Conheça o verdadeiro amor de Deus.

“Deus é amor. Ele não precisava de nós. Mas Ele nos quis.”
 -Rick Warren

Sabemos que Deus nos ama e se importa muito conosco. Mas na prática, poucos cristãos vivem cada dia dentro do amor de Deus, conhecendo profundamente o sentido e o valor do Seu imenso amor.

A pergunta muito importante que você deve se fazer é: acredito realmente que Deus me ama?

Reflita um pouco sobre ela. Você sente esse amor em sua vida?

Ou você, apesar de se afirmar que Deus te ama, vive em cada situação, tentando adivinhar o que Ele sente a seu respeito?

Fui promovida no trabalho. (Deus me ama!)

Fui demitida injustamente. (Será que Deus me ama?)

Encontrei o homem dos sonhos. (Deus me ama!)

Meu relacionamento não deu certo. (Por que Ele deixou isso acontecer?)

Recebi um aumento de salário. (Deus me ama!)

Roubaram o meu carro. (Será que fiz algo errado com Deus para merecer isso?)

Fui abençoada por uma amiga. (Deus me ama!)

Meu filho foi internado no hospital. (Por que Deus faz isso comigo?)

Se você se identificou com os pensamentos acima, continue lendo para saber:

♥ Por que temos dúvidas sobre o amor de Deus
♥ As possíveis causas e o que fazer com elas
♥ O que a Bíblia diz sobre o verdadeiro amor de Deus
♥ Como você pode lidar com essas dúvidas

Por que essas incertezas sobre o amor de Deus aparecem?

Nos bons momentos, tudo se torna fácil para termos a certeza do amor de Deus sobre nós, mas em momentos de adversidades, as convicções desse amor não se tornam tão certeiras assim. Essas dúvidas podem estar relacionadas aos fatores a seguir:

# Traumas passados

Amor de Deus - Traumas passados

Você pode ter vivenciado alguma situação traumática em sua vida como ter sofrido violência, abuso, traição ou injustiça que criou marcas profundas na sua alma.

Nessas horas questionamos por que, se Deus nos ama tanto, não impediu que essas atrocidades acontecessem em nossas vidas.

A realidade é que as tragédias e as maldades não fizeram parte da vontade de Deus, mas da vontade do ser humano que usou o seu o livre arbítrio para escolher fazer o mal com o seu próximo.

Mesmo que você tenha sido vítima das pessoas que fizeram o mau uso do seu livre arbítrio, em nenhum momento Deus esteve distante de você, Ele estava do seu lado o tempo todo, sofrendo com você e sentindo as mesmas dores que você passou.

Viver escondendo os traumas sofridos não é a melhor solução, pois uma vez que eles ainda estão presentes, se manifestam em forma de falsas crenças e percepções ilusórias sobre a realidade.

Feridas que não foram curadas podem nos impedir de confiar nas pessoas e no amor de Deus. Você não precisa oprimir o sofrimento, mas sim, buscar um lugar seguro para lidar com ele.

É muito importante que você procure um pastor ou um conselheiro de sua igreja para te ajudar com os seus traumas. Ter pessoas de confiança em quem você pode abrir seu coração a fim de receber apoio e oração enquanto você lida com essa dor será essencial para que a sua alma seja curada por Deus.

Embora o mal não tenha chegado pela vontade de Deus, faz parte da vontade Dele restaurar tudo que está ferido em você e transformar seus eventos passados em bênçãos futuras.

“Em lugar da vergonha que sofreu, o meu povo receberá porção dupla, e ao invés da humilhação, ele se regozijará em sua herança; pois herdará porção dupla em sua terra, e terá alegria eterna.”
(Isaías 61:7, NVI)

# Sentimento de culpa

Sentir culpa nem sempre é ruim. Quando a culpa nos leva ao arrependimento, ela se torna um sentimento construtivo que nos transforma em pessoas melhores.

Mas quando a culpa persegue a sua vida, ao invés de trazer o bem, ela se torna uma maldição que faz você se afastar do amor de Deus.

Você pode ter cometido algum pecado que a sua consciência te condena constantemente por esse erro passado. Hoje, você pode ainda estar pagando o preço desse erro. Você não consegue esquecer.

Quando a culpa está presente em sua vida, você:

♥ Se sente indigna de ser chamada como cristã.
♥ Pensa que seu pecado pode ser imperdoável
♥ Não tem coragem de se aproximar de Deus
♥ Se afasta da igreja
♥ Tem dúvidas se Deus ainda te ama
♥ Não sente a confiança que Deus realmente não te condena pelo seu arrependimento
♥ Acredita que uma tragédia na sua vida pode ser um castigo merecido pelo seu pecado

Jesus veio para quebrar toda a condenação que pode existir em sua vida. Não importa o que você tenha feito ou vivido, se você levou o seu arrependimento aos pés da cruz, o sangue do Cordeiro mais puro, que é Jesus, já limpou todo seu pecado.

E agora não importa mais quem vai te condenar. Deus não deseja que você viva os seus dias carregando a culpa dentro de si, Jesus já pagou esse preço por você e diante de Deus você não é mais culpada. Uma vez que Ele te perdoa, seus pecados não são mais lembrados por Ele.

Por isso, ande sempre de cabeça erguida e confiante, pois o Seu amor bondoso já não te condena mais.

# Medo de ser punida por Deus

castigo-de-deus

A ameaça do castigo de Deus e até mesmo do inferno intensifica os maiores medos do ser humano e se tornou uma forma eficaz de trazer as pessoas para a obediência.

Quando a relação com Deus se baseia principalmente no medo da punição, a quem você está genuinamente se devotando? Ao amor à sua própria vida ou ao amor sincero que você tem por Deus? Você entrega a sua vida a Ele por medo de ser lançada no inferno ou porque você foi conquistada pelo Seu amor?

Ameaça e intimidade não podem andar juntos. Não conseguimos desenvolver uma amizade íntima e verdadeira com quem sentimos constantemente ameaçadas. Como deixaremos que aquele que nos amedronta se aproxime de nós? Se levarmos conosco o medo constante de ser castigada por Deus, sempre manteremos uma distância que vai nos trazer segurança.

Deus não deseja que você o veja como um rei impiedoso, mas sim como um pai amoroso que deseja se relacionar com Seus filhos que Ele tanto ama.

O que Ele mais desejou quando formou o ser humano a partir do pó da terra foi compartilhar um relacionamento de amor. Apesar do pecado ter nos separado Dele, Ele enviou Jesus para morrer na cruz para resgatar esse relacionamento e ganhar o seu coração.

Ele deseja que você conheça o Seu amor perfeito que oferece o perdão divino e não o castigo impiedoso.

“Aqueles que seguem a Deus apenas por medo de ir para o inferno jamais descobrirão como o Pai é maravilhoso.”
-Wayne Jacobsen

# Religiosidade

Muitas vezes fazemos coisas somente porque consideramos como obrigações religiosas, como dar o dízimo na igreja, estar presente no culto, servir a algum ministério, ajudar os necessitados, fazer jejum, meditar a palavra, etc.

Não estou sugerindo que essas coisas não são importantes para um cristão. O que quero dizer é que quando a obrigação constante se torna necessária para nos intitularmos como cristãs, não estamos vivendo em função do grandioso amor de Deus.

Estamos seguindo a religião e não ao nosso líder, que é Jesus. Nos definimos pelo que fazemos e caímos na armadilha do orgulho pelos nossos trabalhos. E assumirmos a postura de juízes, posição que cabe somente a Deus.

Percebemos rapidamente o pecado de outras pessoas e usamos versículos da Bíblia para julgá-las. Condenamos os seus erros e quando vimos que elas não se esforçam tanto quanto a gente, as rebaixamos ou nos tornamos altivas.

Quando vivermos na religiosidade, ao invés de nos tornar como Jesus, ficamos cada vez mais parecidas com os fariseus. As posturas adotadas de um fariseu tem como finalidade ganhar reconhecimento e sustentar o próprio orgulho; a principal motivação de um trabalho do fariseu não é adorar a Deus, e sim, a si mesmo.

Deus está em busca de verdadeiros adoradores, que o adorem em espírito e em verdade (João 4:24). Somente quando deixamos o nosso ego de lado, permitimos que o amor de Deus flua em nossas vidas.

Quando vemos pessoas que conheceram o verdadeiro amor de Deus e vivem dentro deste amor, elas possuem uma vida de adoração e se interessam muito mais em fazer a vontade de Deus e exercer o seu ministério, do que qualquer outra pessoa que é motivada pelo dever religioso.

“No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura.” (João 4:23, NVI) 

# Crença no amor por mérito

Se você sempre foi muito cobrada pelo seu desempenho ou possui uma auto exigência elevada, você pode acreditar que o amor de Deus é um prêmio a ser conquistado.

Se fizermos o que é agradável a Ele, somos amadas. Caso contrário, Ele se afasta de nós.

Quando levamos uma vida onde buscamos alcançar as expectativas que acreditamos que Deus espera de nós para sermos dignas de sua aprovação, jamais compreenderemos o significado real do amor incondicional de Deus.

Nos afastamos da graça de Deus, pois entramos em um relacionamento de barganha com Ele.

Ao servir na igreja e ajudar as crianças carentes durante muitos anos, você se sente merecedora de receber a realização o seu sonho por Deus.

Você esquece de dar o dízimo no mês passado. E agora você acredita que corre o risco de perder o seu emprego.

Você quer muito ser aprovada no concurso. Para ver isso acontecer, você promete a Deus que vai passar a não faltar mais nos cultos da sua igreja.

O que não sabemos é que quando entrarmos no jogo da troca de favores com Deus, estamos expondo a nossa fé ao perigo iminente, pois ao vivermos com os nossos melhores esforços para sermos recompensadas, colocamos Ele no dever atender a todas as nossas expectativas.

E quando isso não acontece, nos decepcionamos com Ele. Vivemos nos perguntando o que faltou em nós ou se Ele realmente nos ama e se importa com o nosso bem estar.

Porém, o que a Bíblia nos incentiva fortemente é o aperfeiçoamento da vida cristã, ao mesmo tempo que nos ensina que o fato de vivermos como cristãos exemplares não é a condição que Deus definiu para nos amar.

Não fizemos nada para Deus nos amar. Ele nos amou primeiro, por Sua vontade e não pelo nosso mérito de sermos chamadas de filhas amadas.

“Pois pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. A salvação não é o resultado dos esforços de vocês; portanto, ninguém pode se orgulhar de tê-la.” (Efésios 2:8-9, NTLH)

Provas de amor nas Escrituras

Deus mostra através da Bíblia, diversas passagens que confirmam o Seu amor por nós. Dentre muitas passagens, podemos citar alguns versículos que descrevem o amor de Deus a seguir.
Você pode baixar estes versículos em PDF aqui.

# O amor de Deus é incondicional

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.”
(João 3:16, NVI)

“Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.”
(Romanos 5:8, NVI)

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.”
(João 15:13, NVI)

“E o amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi Ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados.”
(
1 João 4:10, NTLH)

# O amor de Deus é gradioso

“O teu amor, Senhor, chega até os céus; a tua fidelidade até as nuvens.”
(Salmos 36:5, NVI)

“A misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por nós é tanto, que, quando estávamos espiritualmente mortos por causa da nossa desobediência, Ele nos trouxe para a vida que temos em união com Cristo. Pela graça de Deus vocês são salvos.”
(Efésios 2:4, NTLH)

“Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu: que fôssemos chamados filhos de Deus, o que de fato somos! (…)”
(1 João 3:1, NVI)

“Mas tu, Senhor, és Deus compassivo e misericordioso, muito paciente, rico em amor e em fidelidade.”
(Salmos 86:15, NVI)

“Assim como o meu Pai me ama, eu amo vocês; portanto, continuem unidos comigo por meio do meu amor por vocês.
(João 15:9, NTLH)

# O amor de Deus é eterno

“(…) Eu sempre os amei e continuo a mostrar que o Meu amor por vocês é eterno.”
(Jeremias 31:3, NTLH)


“Deem graças ao Deus dos céus. O seu amor dura para sempre!”
(Salmos 136:26, NVI)

As montanhas podem desaparecer, os montes podem se desfazer, mas o meu amor por você não acabará nunca, e a minha aliança de paz com você nunca será quebrada.”
(Isaías 54:10, NTLH)

“O amor do Senhor Deus não se acaba, e a Sua bondade não tem fim.
(Lamentações 3:22, NTLH)

# O amor de Deus se importa com você

“(…) Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu.”   (Isaías 43:1, NVI)

“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.”
(Jeremias 29:11, NVI)

“Pois o Senhor, seu Deus, está com vocês; Ele é poderoso e os salvará. Deus ficará contente com vocês e por causa do Seu amor lhes dará nova vida. Ele cantará e se alegrará.”
(Sofonias 3:17, NTLH)

Lancem sobre Ele toda a sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de vocês.” (1 Pedro 5:7, NVI)

# O amor de Deus está sempre presente

“Pois o teu amor está sempre diante de mim, e continuamente sigo a tua verdade.”
(Salmos 26:3, NVI)

Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura, também lá estás.”
(Salmos 139:8, NVI)

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”
(Romanos 8:38-39, ACR)

# O amor de Deus nunca te abandona

“Embora os montes sejam sacudidos e as colinas sejam removidas, ainda assim a minha fidelidade para com você não será abalada, nem a minha aliança de paz será removida”
(Isaías 54:10, NVI)

“(…) Eu não me esquecerei de você!”
(Isaías 49:15, NVI)

“(…) Porque Deus mesmo disse: ‘Nunca o deixarei, nunca o abandonarei’.”
(Hebreus 13:5, NVI)

 “(…) E Eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.”
(Mateus 28:20, NVI)

O que faço quando a dúvida surgir?

#Leia os versículos da Bíblia

Sempre que você se pegar perguntando se Deus te ama, leia em voz alta os versículos citados acima para que o seu coração possa sentir esse amor. Faça isso todos os dias até que seu coração possa transbordar de amor através da poder da Palavra de Deus.
Clique aqui para baixar os versículos na versão PDF que você pode imprimir.
Leia outras passagens da Bíblia para ter uma compreensão maior sobre o amor de Deus.

#Faça uma oração

Através da oração, converse os seus questionamentos com Deus e peça a Ele que revele o verdadeiro amor para você.
Com o coração aberto, peça que o amor de Deus que encontre e que você tenha certezas a respeito Dele.
Ore também com outras pessoas e espere pela resposta. Pode não ser no tempo que você espera, mas ela chegará.

#Converse com seus irmãos de fé

Deus pode agir em meio as pessoas que estão ao nosso redor. Com alguma palavra ou através de uma conversa, você pode receber o amor Dele.
Fale a respeito de suas dúvidas com o pastor, um conselheiro ou com uma amiga mais experiente que você na caminhada com Jesus. Deus pode te surpreender com o seu amor.

Você já teve dúvidas a respeito do amor de Deus? O que você fez? Compartilhe a sua experiência nos comentários abaixo.

Se você gostou do artigo, compartilhe em sua rede social para que mais pessoas possam vivenciar o amor maravilhoso do nosso Deus.

Obrigada pela sua visita e até a próxima!

Com amor de Cristo,
Cristina Kim

Compartilhe nas suas redes sociais

Deixe uma resposta