Vença as suas preocupações com este poderoso ensinamento bíblico

“Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?”
(Mateus 6:27)

Quando criança, adorava o filme Rei Leão. Assistia repetidas vezes, sabia todas as músicas de cor e lembro-me especialmente de uma, a qual eu e minhas amigas cantarolávamos na escola, cujo refrão animado dizia: “Os seus problemas você deve esquecer. Isso é viver, é aprender”.

Gostávamos de fazer brincadeiras com as músicas, mudando as letras para se tornar mais engraçado e divertido, assim, com a inocência de uma criança que ainda era uma recém aprendiz quando se tratava sobre a complexidade da vida, mudamos a nossa música para: “Os seus problemas você deve lembrar… isso é morrer, é esquecer“, sem saber que esta letra retratava a vida de um adulto.

Os adultos sempre terão problemas para lembrar. Ao contrário da letra original, as coisas não são tão tão simples para serem esquecidas. Temos responsabilidades que devemos assumir e questões que não podem ser ignoradas.

Os problemas geram preocupações. A demissão de um emprego traz preocupações com a família. Uma notícia ruim traz preocupações em relação ao futuro. Uma dívida traz preocupações financeiras. Além disso, podemos nos preocupar com qualquer outra coisa, sejam com os relacionamentos, filhos, a vida profissional, a opinião alheia… a lista pode ser grande.

Satanás usa essas preocupações para nos acorrentar com sentimentos de ansiedade, pensamentos negativos e de tudo que nos deixa, que nos enfraquece. Às vezes chegamos a ponto de ficarmos tão exauridas que desejamos esquecer ou fugir, assim, desejamos fazer uma viagem ou tirar férias de tudo. E também podemos facilmente desenvolver hábitos destrutivos como comprar impulsivamente, descontar na comida ou recorrer ao álcool.

Estamos em um mundo onde as pessoas estão se adoecendo por causa da preocupação, mas Deus nos traz a Sua citada em Filipenses 4.

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.”
(Filipenses 4:6, NTLH)

 

# Não se preocupe com nada

Este versículo aconselha que não devemos nos preocupar com nada. O que isso significa?

O que não significa é que Deus espera que vivamos de um modo alienado, de forma a ignorarmos intencionalmente o que está acontecendo conosco, focando-se apenas no pensamento positivo de que tudo vai se resolver ou que Deus está no controle, assim, não precisaríamos nem se preocupar em mover um dedo para fazer algo a respeito.

Ele não deseja que tenhamos uma fé infantil que fecha os olhos para o que está acontecendo, decidindo ignorar os fatos até que tudo se resolva por conta própria.

Na verdade, o que Deus deseja é que tenhamos uma fé madura que é capaz de transformar as nossas preocupações em orações e agradecimentos.

# Oração, o antídoto contra a preocupação

Quando oramos, estamos confiando no poder de Deus que nos fortalece e acreditando que Ele é por nós e não contra nós. Apresentar um pedido de oração também significa mostrar a nossa humildade para assumirmos que somos frágeis e impotentes, e que assim, precisamos Dele.

Leia também: Como orar a Deus – o que você precisa saber sobre a oração

É muito diferente de agir irresponsavelmente, acreditando apenas que Deus tudo fará, sem precisarmos entrar em ação. É claro que existem algumas situações em que não podemos fazer nada a não ser deixar nas mãos de Deus, mas uma coisa é agir por nossa conta, baseando-se em nossos próprios julgamentos e nossas habilidades apenas, afirmando com as nossas ações que não precisamos da ajuda de Deus.

Outra coisa bem diferente é agir, fazendo tudo o que puder sob a liderança de Deus e entregando a Ele, o que está além dos nossos limites.

 

#Gratidão, o outro antídoto contra a preocupação


Já havia visto diversos estudos que mostram que a gratidão aumenta os níveis de felicidade, mas quando ouvi que a gratidão reduz os nossos níveis de preocupação, fiquei curiosa de como isso poderia acontecer.

Ao procurar entender mais a fundo sobre este assunto, descobri que quando estamos com o coração agradecido, lembramos das bênçãos incontáveis de Deus que infelizmente já nos acostumamos e que acabamos deixando de agradecer.

Quando não temos mais nada, tudo se torna um motivo para agradecer. Mas mesmo quando temos o bastante, Deus continua nos abençoando muito e focamos apenas no que ainda não temos, sentindo-nos miseráveis.

Se você parar para contar as bênçãos de Deus, você vai perceber o quanto Ele te ama e cuida de você.

Quantas vezes Ele já tirou você do fundo do poço?

Quantas vezes Ele já te ajudou a resolver um problema que parecia tão difícil?

Quantas vezes você errou, mas Ele te abençoou mesmo assim?

Quando você vive com este coração agradecido, você é capaz de orar agradecendo pelas suas aflições e preocupações, pois você irá lembrar de tudo o que Deus já fez em sua vida e terá a certeza que desta vez não será diferente, através desta batalha, você sairá mais forte e poderá experimentar outras bênçãos no caminho.

#A vitória do jogo depende muito de quem está em seu time

Imagine que você está jogando tênis e é desafiada a jogar contra o Roger Federer.

Você pode jogar bem, mas disputar uma partida com Federer é desvantajoso demais, pois ele é um tenista profissional e um campeão mundial.

E se você estivesse jogando na dupla com o Federer? Não seria bem diferente? Com certeza você não se preocuparia em enfrentar o seu adversário e você conseguiria jogar muito melhor do que normalmente faz, pois, você estaria autoconfiante em saber que você tem o melhor tenista do mundo a seu favor.

O mesmo acontece quando sabemos que Deus está jogando em nosso time. Ele está do Seu lado para te ensinar, te guiar e te dar a cobertura necessária para você fazer o seu melhor em todas as situações.

Por isso, não devemos nos preocupar, mas orar e agradecer, pois sabemos que Deus está trabalhando a nosso favor, para o bem daqueles que O amam (Romanos 8:28).

 

# A paz que Deus promete

“E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus.” 
(Filipenses 4:7, NTLH)

Quando você combate a preocupação com orações e agradecimentos, Ele promete que Sua paz estará com você.  Não somente isso, sua mente também irá descansar Nele e seu coração irá se aquietar.

Essa paz é descrita como aquela que ninguém consegue entender, pois ela não depende de circunstâncias externas, mas na fé e confiança que temos em Deus.

Jesus afirma que Ele nos dá a paz que vem Dele e que é diferente da paz deste mundo (João 14:27), portanto, tudo o que aprendemos sobre o sentimento de paz que não veio por meio da experiência vinda de Deus não pode nem sequer ser comparada.

Já ouvi testemunhos de irmãos que tiveram a paz de Deus em momentos de aflições. Muitos deles contaram que durante as orações, foram envolvidos por um sentimento calmo, tranquilo, como se estivessem sendo abraçados pelo amor de Deus. Embora eles não soubessem ou entendessem claramente sobre como era este sentimento, eles sabiam que era a presença de Deus que estava ali presente.

Eu também já senti essa paz de Jesus fortemente em um período bastante conturbado da minha vida, não consigo explicar como foi esse sentimento e o meu estado de espírito, mas foi algo tão confortador que desejava contar a todo mundo para que ninguém deixasse de experimentar.

Se você já sentiu, sabe do que estou falando. E o desejo do nosso Pai é que tenhamos sempre essa paz conosco. Para isso, quando a nossa lista de preocupações chegarem, você não precisa esquecer dos seus problemas, declare a Palavra de Deus em Filipenses 4:6-7 e com a ajuda do Espírito Santo, transforme suas preocupações em listas de orações e de agradecimentos.

Compartilhe nas suas redes sociais

Deixe uma resposta