Você vive na abundância ou na mesquinhez?

Existem dois tipos de pessoas: aquelas que vivem na abundância e aquelas que vivem na mesquinhez.

Não estou falando em relação aos recursos financeiros, mas quero falar sobre o estilo de vida que a Bíblia nos ensina, que vai muito além de uma vida repleta de dinheiro e bens.

Você já deve ter visto pessoas que são financeiramente bem sucedidas, mas quando se trata de ajudar o próximo, são extremamente pobres. Mas também, você  deve conhecer alguém que, embora tenha condições materiais mais humildes, seu espírito é rico em generosidade.

A Bíblia nos ensina que a riqueza de um homem não é medida pelo seu patrimônio financeiro, bens materiais ou a quantidade de dinheiro na conta bancária. A verdadeira riqueza está na sua capacidade de ser autenticamente generoso com o próximo.

 

# Fomos abençoados para abençoar

“E Deus pode dar muito mais do que vocês precisam para que vocês tenham sempre tudo o que necessitam e ainda mais do que o necessário para fazerem todo tipo de boas obras.” (2 Coríntios 9:8, NTLH)

Embora você possa estar em uma situação onde você desejaria que fosse diferente ou que atualmente você não possua as coisas que você mais deseja nesta vida, Deus afirma que mesmo assim, você é muito abençoada.

Pois Deus sempre vai te dar tudo o que você precisa e muito mais do que é necessário, pois Ele deseja que você seja capaz de abençoar os outros com o que Ele te deu a mais.

Olhe para si e veja as áreas onde você foi mais abençoada.

São nestas áreas que está o seu chamado de Deus.

Uma das maiores lições que Deus deseja nos ensinar nesta vida é amar o próximo. E como um bom Pai, Ele ensina sendo o exemplo com nós mesmos. Ele nos abençoou primeiro para sermos capazes de aprender a abençoar.

Quando reconhecemos o quanto somos amadas e abençoadas, não conseguimos mais viver de maneira egocêntrica, retendo tudo somente para nós mesmos, pois sabemos que Ele sempre nos dá mais do que pedimos ou necessitamos a fim de sermos generosos com os outros.

 

# Trate os outros como Jesus ensinou

“Ame o seu próximo como a si mesmo.”
(Mateus 22:39b, NVI)

Uma vez ouvi um relato de que a organização Missão Vida estava recolhendo cobertores para doação, que seriam distribuídos aos moradores de rua. A primeira dama do Estado havia feito a sua doação, no entanto, a organização não aceitou seus cobertores e os devolveu com a mensagem de que eles aceitariam somente os cobertores que ela mesma usaria para cobrir seu próprio filho.

Quando alguém precisa de ajuda, não significa que a necessidade desta pessoa a coloca em um patamar abaixo do nosso e muito menos que ela deve receber coisas em um péssimo estado e que jamais usaríamos para nós mesmos.

Ouço outros relatos de ONGs que entre as doações, recebem roupas sujas e furadas, materiais quebrados, alimentos vencidos e outras coisas que não podem ser aproveitadas. Estes tipos de doações, ao invés de abençoarem, desvalorizam e ferem o coração de quem está recebendo.

Quando Jesus nos ensina a amar o próximo como a nós mesmos, significa que deveríamos olhar o outro que precisa da nossa bênção como uma pessoa importante para Deus, que merece receber o nosso amor por meio de Jesus.

Para você saber se está amando como o mandamento de Jesus ou se está apenas servindo pelo sentimento de pena, olhe para as suas ações e se pergunte se o que você está dando ou fazendo pelo outro é algo você mesma gostaria de receber.

Se Deus te der uma oportunidade para abençoar alguém, faça-as da melhor maneira.

 

# Faça com boa vontade

“Não coma na casa de um homem miserável, nem tenha pressa de comer a boa comida que ele serve. “Coma um pouco mais”, diz ele, mas não está sendo sincero. O jeito dele fará com que você fique enjoado. Você vomitará o pouco que comeu, e todos os seus elogios ficarão desperdiçados.”
(Provérbios 23:6-8, NTLH)

É possível ser mesquinho mesmo praticando a partilha. Você pode estar se doando contra a sua vontade ou partilhando com alguém, mas com um enorme pesar.

Porém, ao fazer isso, por mais que procuramos esconder o nosso coração, de alguma maneira acabamos transparecendo a nossa falta de sinceridade.

Não sentimos alegria quando fazemos algo contra o nosso coração ou apenas pelo senso de obrigação. Assim, enquanto não tivermos um coração abundante e que gosta de partilhar, continuaremos mesquinhos, sem jamais conhecer a alegria de abençoar o outro.

Mas quando você aprende a se doar, sem a expectativa de que o outro faça algo a seu favor, você vence. Você passa a enxergar o mundo de uma outra maneira, onde a alegria maior está em dar, e não receber.

 

# Ouça o que Deus fala em seu coração

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria
(2 Coríntios 9:7, NVI)

Deus sempre nos coloca em situações onde podemos abençoar alguém. Esteja sempre atenta ao sussurrar do Espírito Santo que nos incentiva a abençoar alguma pessoa ao nosso redor, seja com o nosso tempo ou com o que temos no momento.

Se você sentiu que Ele lhe disse para conversar com aquela pessoa ou para ajudar aquela sua amiga que está passando por uma dificuldade ou fazer uma doação de cesta básica para uma instituição que cuida de crianças carentes, vá em frente!

Quando estamos dispostas para servir, Deus nos usa como um canal de bênçãos que transforma a vida das pessoas que encontramos em nosso caminho.

 

#Quanto mais você abençoa, mais abençoada você se torna

“Algumas pessoas gastam com generosidade e ficam cada vez mais ricas; outras são econômicas demais e acabam ficando cada vez mais pobres.”(Proverbios 11:24, NTLH)

Quando vivemos com a mão fechada e com o pensamento de escassez, estamos acreditando que tudo o que possuímos são frutos do nosso próprio trabalho e não da graça de Deus. Essa crença nos torna individualistas e nos faz acreditar que a necessidade do outro não é nosso problema e que quando partilhamos, estaremos ficando com menos.

No entanto, tudo o que retemos e guardamos acaba se depreciando ou se tornando podre. Mas aquilo que partilhamos acaba se multiplicando e quanto mais aprendemos a abençoar, mais bênçãos Deus nos trará.

Jesus fala em Lucas 16:10, que “quem é fiel no pouco, também é fiel no muito (…)”, assim, se soubermos abençoar com o que temos hoje, Deus irá derramar mais bênçãos em nossas vidas, pois assim, seremos capazes de alcançar muitas outras pessoas com o amor de Jesus.

A minha oração é que Deus possa te abençoar cada dia mais e que muitas outras pessoas sejam abençoadas através da sua vida.

“Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus.” (2 Coríntios 9: 11, NVI)

 

Compartilhe nas suas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *